Search
Close this search box.
5 Min

ARQUITETURA MINIMALISTA: OS DETALHES QUE ENCANTAM!

0,0
0,0 out of 5 stars (based on 0 reviews)
Excellent0%
Very good0%
Average0%
Poor0%
Terrible0%

A arquitetura minimalista é uma das tendências que mais faz sucesso entre os adeptos da área, tanto para os clientes e os próprios arquitetos. Apesar de não ser uma novidade, ela continua encantando e trazendo beleza para as casas em que se faz presente.

Um dos motivos pelo qual a arquitetura minimalista continua fazendo sucesso, mesmo depois de anos após a sua concepção, é graças a unicidade que traz aos projetos. Em uma época onde tudo parece ser feito em exagero, o minimalismo é muito bem-vindo.

Entretanto, a estética de uma obra não é a única parte que se beneficia com a arquitetura minimalista já que também pode trazer outros benefícios para os moradores, alguns até mesmo econômicos.

Quer saber mais sobre a arquitetura minimalista e como os seus detalhes encantam a todos? Prossiga com a leitura do artigo e descubra mais sobre esta tendência que continua forte, e não mostra sinais de parar.

Afinal, o que é a arquitetura minimalista?

Considerada como uma das grandes tendências dos últimos tempos, a arquitetura minimalista tem como principal característica o uso de poucos elementos, designs mais simples e formas geométricas.

Não se sabe, entretanto, o período exato em que começou, com informações apontando para os Estados Unidos na década de 60 ou para a época pós-modernista na Europa.

Apesar disso, sabe-se que o movimento ganhou força após o fim da Segunda Guerra Mundial, onde foi influenciada pelos estilos de arte vigentes. Sua presença foi especialmente forte em Nova York e Londres dos anos 70, em espaços de grife.

Existem também dúvidas acerca de sua origem, com teorias afirmando que seria uma junção dos aspectos da cultura japonesa, escandinava e russa, além de diversos movimentos europeus, como o cubismo.

Mesmo com a existência de diferentes versões e teorias sobre, é certo dizer que a arquitetura minimalista sofreu influência de vários movimentos que propõe a rejeição das tradições acadêmicas já estabelecidas.

Aplicações da arquitetura minimalista

Por ser muito procurada por clientes e possuir um grande prestígio, a arquitetura minimalista foi usada em diversas construções famosas. Uma delas é a Casa Schröder, considerada como a primeira obra construídas com características minimalistas.

A casa foi desenhada seguindo conceitos puros e simples e construída a partir de grandes painéis assimétricos. Suas cores são majoritariamente primárias com tons de preto e branco e paredes retráteis.

Uma das figuras mais influentes da arquitetura minimalista foi o arquiteto Ludwig Mies Van der Rohe, conhecido principalmente pela frase “less is more”, ou menos é mais em português, lema que define o minimalismo.

A arquitetura minimalista aproveita ainda estilos únicos e uma apresentação diferenciada. Diversos arquitetos se inspiram no minimalismo para criar prédios e residências com formatos simples, deixando-os bastante modernos e sofisticados.

Para deixá-la ainda mais especial, é possível combiná-la com outros revestimentos e acabamentos, como o concreto, madeira e metais. Estes materiais finalizam a construção e dão um toque aconchegante e único.

A natureza também pode ser uma grande aliada do estilo minimalista, providenciando um grande complemento ao projeto.

O que define a arquitetura minimalista?

Com a sua popularização, o minimalismo foi além da arquitetura e se tornou tanto um modo de vida quanto um conceito de design, com o objetivo principal de representar um alto padrão ao mesmo tempo tendo base na simplicidade.

Sabendo disso, é possível encontrar diversas similaridades entre as obras da arquitetura minimalista, características essas que a deixam únicas e reconhecíveis até para os mais leigos.

Obras feitas a partir a partir da tendência possuem, por exemplo, um alto grau de simplicidade nos espaços, estruturas limpas e poucas ornamentações, sem contar um maior uso da iluminação natural própria dos ambientes.

Além disso, tais projetos costumam ter formas geométricas bastante simples, dependendo mais dos materiais usados para dar mais personalidade e gerar um grande interesse visual. Tudo seguindo o conceito do “less is more”.

Talvez um dos nomes mais famosos que seguir estes conceitos em suas obras no Brasil foi o próprio Oscar Niemayer, o arquiteto mais conhecido do país responsável por diversos projetos nacionais, incluindo até mesmo Brasília.

Como a decoração entra na arquitetura minimalista?

Apesar de ser uma das tendências mais únicas que existem, a arquitetura minimalista é altamente complementada se junta com a decoração do mesmo estilo. Com essa combinação, a elegância e o estilo são altamente potencializados.

Em ambientes que levam essa mistura em conta, é comum ter toda a sua base na cor branca ou em tons mais claros, isso inclui também móveis maiores, como sofás, estantes, bancadas e cabeceiras.

Outras cores também entram na equação, como o marrom, cinza ou um pouco do preto, que são usados como pontos de luz no espaço. Não esquecendo também de tonalidades um pouco mais claras e chamativas, usadas para dar uma sensação de profundidade.

Os poucos móveis que serão incluídos são a possibilidade de usar outras matérias-primas. Uma aposta certa é utilizar a madeira, que, com seus vários tons, remete a aspectos rústicos e naturais, próprios para qualquer ambiente.

Outros materiais muito recomendados para serem usados em uma obra minimalista são o alumínio, o cobre e o vidro, que remetem à modernidade. Eles também podem ser combinados em pontos menores ou adornos maiores, dando mais versatilidade para o decorador ou proprietário da casa.

Dicas para arrasar na arquitetura minimalista

Apesar de ser muito comum em obras pré-construidas, e possível trazer a arquitetura minimalista para qualquer lugar, basta seguir os seus conceitos e algumas dicas que vamos trazer aqui.

A primeira dica é dar bastante atenção para a iluminação, tanto natural quanto artificial. Um projeto de iluminação bem-feito, com preferência a luzes brancas e LED, potencializam o efeito claro e “limpo” do ambiente.

A iluminação natural também é importante, por isso, opte por não cobrir janelas ou vidros que deixem a luz exterior entrar. Dessa forma, o lugar irá parecer mais fresco, limpo e organizado.

Procure sempre buscar por tecidos suaves e lisos, com estampas em listras ou geométricas, dessa forma, eles irão combinar muito bem com a arquitetura minimalista e não irão pesar no ambiente.

A bela arquitetura minimalista

Em um mundo cheio de poluição visual, a arquitetura minimalista passa uma nova perspectiva a seus observadores. Embora pareça simples, alcançar esse estilo não é para qualquer um, mas quando é alcançado, se torna único e atemporal.

Tags

Posts Relacionados

0,0
0,0 out of 5 stars (based on 0 reviews)
Excellent0%
Very good0%
Average0%
Poor0%
Terrible0%
0,0
0,0 out of 5 stars (based on 0 reviews)
Excellent0%
Very good0%
Average0%
Poor0%
Terrible0%
0,0
0,0 out of 5 stars (based on 0 reviews)
Excellent0%
Very good0%
Average0%
Poor0%
Terrible0%

Newsletter

Inscreva-se agora na nossa newsletter e receba todas as novidades em primeira mão!

Venha conferir os melhores revestimentos e pisos para o seu projeto!

Acesse a nossa loja e conheça as novidades, lançamentos e produtos exclusivos. São revestimentos, pisos, cobogós, painéis e diversos itens de arquitetura e decoração.